Resenha: A Sereia - Kiera Cass

Ola, pessoal, como vocês estão?  Espero que bem, hein!

Acho que vocês devem ter reparado que eu dei uma sumida daqui, tem bastante tempo que não posto, peço perdão, mas tenho meus motivos, ando estudando bastante, (tem Enem esse ano :/) e também estou fazendo amigurumi (que são bonecos de crochê), quem quiser da uma olhada tenho uma pagina cheia de fotos: Irmãs Entre Linhas.. Logo farei um post contato tudo sobre essa arte que estou viciada ♥
Mas estou bastante empolgada e cheia de ideias para voltar com o blog, ate mudei o template dele, as cores imagens e tudo mais kkk.. Pretendo voltar com pelo menos um post por semana, tomara que de certo kkkk

Vamos ao post, hoje vou contar para vocês sobre um livro que li tem um tempo já, espero lembrar de tudo kkkk
Já falei aqui da serie A Seleção que também é da Kiera Cass, esse livrinho único me conquistou bastante , confesso que pelo começo achei meio confuso, mas o final, mds, MARAVILHOSO..
Vamos lá:


A Sereia começa com um acidente mistério em alto mar, com o navio que Kahlen estava, uma jovem de 19 anos, toda sua família morre no oceano. Mas num grito de suplica Kahlen e é ouvida, e quem responde é A Água, lhe oferecendo uma proposta, ela lhe pouparia sua vida se Kahlen a service por 100 anos como sereia. Kahlen conhece outras meninas que tem historias parecidas com a dela e também servem A Água.
Após 80 anos de servidão, Kahlen é uma irmã exemplar, a filha preferida da Água, porém, em seu íntimo, Kahlen nunca gostou do que precisava fazer. A Água tinha fome e para sacia-la as jovens sereias eram obrigadas a cantar com suas vozes mortais, causando outros acidentes, da mesma maneira que a família de Kahlen acabou falecendo.
Para suportar o peso de ter que tirar tantas vidas inocentes, Kahlen e suas irmãs tentam levar uma vida normal do jeito que podem quando não estão a serviço. A vida entre humanos era permitida, porém nunca, jamais, algum humano poderia escutar a voz de uma sereia. Além disso colocar em risco a vida das outras, o humano que as escutassem morreria.
Desta maneira, Kahlen e suas outras irmãs, Elizabeth, Miaka e Aisling viviam suas vidas, usufruindo da boa saúde que sempre teriam enquanto servissem a Água e aparentando normalidade para quem vivesse por perto. A vida é agitada, Kahlen e suas irmãs devem se mudar constantemente, pois além de serem irmãs "mudas" as pessoas não poderiam desconfiar que elas nunca envelheceriam.

(Olhem só um amigurumi que fiz)

Em uma de suas estadias, Kahlen em uma de suas visitas a biblioteca de uma universidade é surpreendida por Akinli, um garoto gentil, e que a princípio, não se importa com o silêncio dela, e nem é atraído por seu encanto natural de sereia, o garoto parece interessado no que Kahlen tem a dizer e isso desperta seu interesse. E ai vocês ja sabem rola aquele romance proibido.

Espero que tenham gostado do post e do livro também. Recomendo demais que todos leiam, o final é surpreendente.
Até semana que vem, pessoal que de tudo certo a volta do blog! Beijos *-*




Comentários

Postagens mais visitadas